19.9.06

Freud e Freud's!

Assessor especial de Lula pede demissão

Freud Godoy, assessor especial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que teve seu nome associado ao caso da compra de um dossiê contra os tucanos José Serra e Geraldo Alckmin, anunciou seu afastamento do cargo até que as denúncias sejam apuradas. Em depoimento na Polícia Federal (PF) em São Paulo ao ser preso com parte dos R$ 1,7 milhão que seriam usados para comprar o dossiê, o advogado Gedimar Passos disse que foi contatado por Freud, que já foi segurança de Lula em campanhas eleitorais e hoje é assessor especial da Secretaria Particular do presidente, para analisar se valia a pena comprar o material. Leia mais !
Godoy admite (é para rir) ter tido contatos com o denunciante, mas nega ser o autor da compra dos papéis. E lógico, a direção do partido nega, nega, nega, nega, nega.... Mensaleiros, valerioduto, Waldomiro, Silvinho, Delúbio, Buratti, Dirceu....
Vamos ver? Concordo com Eliane Cantenhêde, da Folha de São Paulo , diz ela: "anote aí: Freud (como Waldomiro e Delúbio) assumirá a toda a culpa, e o secretário particular de Lula, Gilberto Carvalho, (como Dirceu, Palocci e Gushiken) dará entrevistas, indignado contra toda essa armação. Lula!!
NÃO SABIA DE NADA!" como sempre e parece que isso tudo importa muito pouco a todos aqueles que o estão colocando como vencedor no primeiro turno das eleições.
Um clichê, mas, vou escrever aqui: cada povo parece mesmo ter o governante que merece!
Bons sonhos a todos os que merecem isso aí!

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá,

Passei para conhecer seu cantinho. Só para variar, nosso "querido" presidente Lula Cara de Pau da Silva não sabe de nada. Bah!
Tem festa surpresa lá no meu blog hohe, venha conhecer e participar com seu comentário. Paz!
Edimar Suely
edi_suely.blig.ig.com.br

carla disse...

Oi! visite meu blog e deixe 1 comentário! O seu tá mto legal!

Zeca disse...

Como poderemos ter bons sonhos com toda essa sujeirada respingando para todos os lados e nunca atingindo o batráquio beberrão que, ao que tudo indica, continuará expoliando este país por mais quatro anos?